• dom. dez 5th, 2021

Ansiedade em mulheres- Dicas e técnicas para ajudar a controlar

ago 12, 2021
mulher ansiosa

Se antes da pandemia do Corona vírus a ansiedade já era um mal que assolava as mulheres sem piedade, hoje então ela está ainda mais viva na vida de milhares de brasileiras e mulheres no mundo inteiro.

Afinal, com a chegada da pandemia além de conciliar trabalho, vida pessoa, lado financeiro e assuntos domésticos, elas também tiveram que mediar confrontos entre parentes que se esqueceram de como é morar junto e foram forçados a ficar sob o mesmo teto.

O mal da sociedade

mulher angustiada

Essa habilidade de solucionar problemas que as mulheres tem, embora muito importante, causa muito estresse a elas, o que pode levar a alguns momentos bem críticos de ansiedade.

 E o pior é que a ansiedade pode ser um dos principais contribuintes para a diminuição da produtividade, má qualidade do sono, perda de apetite e mal-estar em geral, entre muitos outros problemas que ela pode trazer.

Como controlar a ansiedade

mulher se acalmando

Então agora que a gente já aprendeu sobre o problema, vamos a solução. A partir de agora vamos ver algumas dicas e técnicas bem práticas de como controlar a ansiedade, ou pelo menos aliviar significativamente.

Aprenda sobre o problema

Se você tiver ansiedade, não finja que não tem, isso só piora as coisas. Em vez disso, aceite e encare o problema. Mas como contra-atacar ou prevenir algo que você nem sabe como é? Bom, isso é praticamente impossível. Por isso é fundamental aprender sobre a ansiedade, qual a sua fisiologia, causas, sintomas e tratamento. Assim você conseguirá assumir o controle novamente de situações que normalmente a ansiedade tomaria conta.

Manter o foco

Algum comum que pessoas ansiosas sentem são pensamentos negativos e angustiantes incontroláveis, ou melhor, quase incontroláveis. Por que quase? Tudo sozinho fica mais difícil. Lembra da famosa frase: “Nós não somos ilhas.”? Exatamente, não fomos feitos para viver em casulos, nem físicos e nem mentais. Então peça ajuda ou programe ela.

Por exemplo: Fale com algum parente ou amigo bem achegado para ligar durante o dia, um ou dois minutinhos, para apenas conversar com você e dizer que está tudo bem. Além disso, programe seu despertador para te lembrar de ler frases positivas durante o dia. E por último, não exija demais de você, siga essas dicas aos poucos e conte com ajuda e tudo dará certo.

Relaxe

Por mais que para as pessoas ansiosas seja difícil deixar a mente como que off, desligada dos problemas. Tire pelo menos uma ou duas horas do dia para focar em outra coisa, algo que te acalme, um filme, uma leitura, um hobby, qualquer coisa desse tipo. Assim você conseguirá dar uma folga ao seu cérebro e desenvolver mais calma.

Cuidado com seus pensamentos

Nossos melhores amigos ou piores inimigos, nossa mente. Já ouviu a história de ter cuidado com o lobo que você alimenta? Exatamente isso que você está pensando, podemos escolher qual lobo alimentamos: O bom ou o mal. Ou seja podemos escolher alimentar o pensamento bom e positivo ou mal e negativo. Por isso não foque nos pensamentos que botam você para baixo, somente nos que animam você.

Alimentação

O mineral magnésio ajuda a relaxar o tecido muscular e uma deficiência de magnésio pode contribuir para a ansiedade, depressão e insônia. Além disso a ingestão inadequada de vitamina B e cálcio também pode piorar os sintomas de ansiedade. Por isso se certifique de que sua dieta tem alimentos como grãos inteiros, vegetais de folhas verdes e laticínios com baixo teor de gordura.

Além do mais a nicotina, a cafeína e as drogas estimulantes (como as que contêm cafeína) fazem com que as glândulas suprarrenais liberem adrenalina, uma das substâncias químicas do estresse mais importantes. Melhor evitá-los. Outros alimentos que você deve evitar são sal e aditivos artificiais como conservantes. Escolha alimentos frescos e não processados ​​sempre que possível.

Exercícios físicos

O exercício queima os produtos químicos do estresse e promove o relaxamento. Por isso a atividade física é outra forma útil e prática de controlar a ansiedade. Tente ser fisicamente ativo pelo menos 3-4 vezes por semana e varie suas atividades para evitar o tédio. Mas não pense que você deva se tornar uma atleta, apenas deixe seu corpo ativo.

Invista na sua auto estima

Não esqueça de você mesma. Investir em si própria é um dos melhores investimentos que você pode fazer. Tire um dia pelo menos para passear no salão de beleza, não precisa gastar rios de dinheiro lá, apenas se produza. E em casa crie o habito de cuidar de si mesma, seja escovando o cabelo, fazendo a unha, hidratando a pele. Comece com pequenas ações diárias e sua auto estiva vai subir muito e a ansiedade baixar.

A solução

Mentes ansiosas tendem a pensar em diversos problemas e quando eles acontecem a própria mente os aumenta. Então pare de pensar no problema apenas como um muro gigante no seu caminho e pense em maneiras de escala-lo. Procure uma solução o mais rápido possível e aja.

Ajuda médica

Dicas e algumas técnicas ajudam bastante, porém tem vezes que precisamos de um reforço maior. Então procure ajuda médica se os casos de ansiedade são frequentes, eles te ajudarão da melhor forma possível. Além disso acontece de nosso próprio corpo não produzir algumas enzimas necessárias para o cérebro ou parar de produzi-las. Assim pode parecer que por mais que você se esforce a ansiedade só piora, mas não é verdade. Você só precisa repor essas enzimas, mas para isso, só o médico pode receitar o remédio certo.

Para concluir, espero que tenham gostado da matéria de hoje e que ela seja útil. Continuem acompanhando a Nova Edição para mais dicas como essas.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *